Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

queremlaver

contactoclaudiaoliveira@gmail.com

contactoclaudiaoliveira@gmail.com

A criar um bom hábito

 

No fim de semana fiz mais um "One Day, Stop Net". Acordei cedo, fui às compras. Quando cheguei fiz um bolo maravilhoso de maçã. Aproveitei e fiz logo várias receitas para a semana seguinte. Cogumelos salteados com espinafres, quinoa com feijão preto e batata doce, molho pesto, sopa de legumes. Para o resto do pessoal bacalhau no forno e batatas. Foi uma manhã muito produtiva. Terminei a primeira temporada de "Narcos" e vi mais episódios da série "The Crown". Fiz uma grande limpeza ao quarto dos miúdos. Mais uma quantidade de sacos para o lixo com tralha. Ficou com mais espaço e tudo. Retirei um móvel do meu quarto para aumentar o espaço no meu quarto também. Escrevi, brinquei com eles, comecei a fazer lettering. Li bastante. No final do dia fui visitar a mãe e a mana. Descansei a cabeça, meti muitas coisas em dia e esqueci-me completamente do telemóvel. Para fazer todos os fins de semana! A mana também fez esteve um dia sem internet e adorou! Fez-lhe muito bem ficar off durante um dia, segundo ela. 

Resultado | Um dia sem internet

 

Como combinado, fiquei o dia de ontem sem ir à internet. Desliguei os dados e esqueci-me do telemóvel. Aliás, este fim de semana estive offline a maior parte do tempo. Preciso de contar o meu dia 'one day, stop net'. 

 

Recebi visitas, então estive realmente ocupada. Aproveitei a presença das visitas para conversar, comer e distrair-me um bocado. Ainda acabei por brindar aos meus 32 anos. E reflecti muito sobre as pessoas que estão próximas, mas infelizmente não temos mais ligação. Ou sobre as pessoas que estão próximas, mas acabam por estar mais longe do que as pessoas que estão de facto longe. Isso perturbava-me bastante no passado, mas acho que fiz uma limpeza mental. Defini o lugar de cada um. Parei de criar expectativas em relação às pessoas. Lutei muito comigo mesmo no passado em relação a isto, mas agora sinto-me totalmente em paz.  

 

Fiz uma limpeza à casa também. Ao meu quarto mais propriamente. Todas as gavetas foram despejadas directamente para o contentor do lixo. As caixas de papelão fechadas foram abertas e tiveram o mesmo fim. Escolhi peças de roupa para doar. Mudei o ambiente do meu cantinho de leitura e escrita. Destralhei. Cada coisa no seu devido lugar. Depois fui ao armário dos sapatos e fiz igual. Sacos cheios para doar. O meu armário cápsula ficou um bocado maior do que o inicial,mas super completo e versátil. É na verdade um armário para mais meses. Estou encantada com o resultado. Não quero mais roupa, nem calçado nesta casa até à próxima estação. Limpei tudo, disse adeus a peças que só guardava devido ao seu valor afectivo. Não doeu nada. Oh liberdade! Ainda tenho mais para fazer destralhar, mas não havia tempo para tudo. Um dia e um passo de cada vez. 

 

Comecei a ler o livro 'Menos é Mais', da Francine Jay. Foi um presente muito querido. Estava cheia de vontade de ler e entender melhor todo o conceito do minimalismo. Falarei mais sobre o livro quando terminar. Estou a gostar bastante! Por falar em livros, li bastante durante o dia de ontem. Vi o documentário e séries. Foi tão produtivo.

 

Estive com a minha família, foi um domingo cheio e pleno. Sem o stress que a internet deposita em mim. Sempre tão exigente de tempo e atenção. Sempre tão preocupada com a vida dos outros. Sempre tão ligada ao número de likes e seguidores. Sempre tão desesperada por respostas rápidas.

 

No próximo domingo volto a repetir. Fora de casa, de preferência. Experimentem, sobretudo quando pensarem que não têm tempo para isto ou aquilo.