Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

queremlaver

contactoclaudiaoliveira@gmail.com

contactoclaudiaoliveira@gmail.com

RENOVAR ALGUMAS PEÇAS

 

Sobre o tão popular armário-cápsula, raramente repito conjuntos mesmo com poucas peças. Ando numa de comprar pouco ou nada. As únicas deste ano compras foram em Paris. As peças no armário têm qualidade, dois anos de uso frequente ainda e só tenho duas/três peças para a reforma. A roupa preta com as lavagens vão perdendo o brilho. Daqui a uns tempos vou ter de comprar algumas coisas para fazer as ditas substituições. Noto que pouco ou nada me falta no armário, excepto aquela peça na moda. Em relação ao calçado adorava investir nuns all stars ou adidas, as minhas melhores sapatilhas ficaram em Paris e não sei quando as vou ter de volta. Também já estou fartinha da minha mochila e tenho saudades de usar uma mala. Fiquei com três após o destralhe. Acho que nos próximos saldos vou fazer algum investimento. Uma ou duas peças fazem toda a diferença. Também preciso de mandar fazer as bainhas de uma vez por todas. Sinto-me péssima por consumir em fast fashions, pois vão contra todos os princípios que defendo. Desta forma, estou a pensar noutra solução. Os outlets, talvez. Voltei a usar frequentemente saltos altos e os meus pés adaptaram-se perfeitamente. O que é optimo, tenho vários pares como novos. 

Como estou a lidar com o armário cápsula?

 

Resulta perfeitamente. Dou-me bem com pouca roupa. Não gosto de perder tempo a pensar no que vou vestir. Muito menos a lavar, passar e arrumar. Posto isto, tem sido uma experiência extremamente positiva. tenho usado e abusado de algumas peças. Tenho conseguido fazer vários looks diferentes com peças idênticas. Não tem sido um problema. Continuo sem vontade de comprar roupa. Já lá vai um ano e meio. Começo a perceber as peças que preciso mesmo. E mais dia menos dia vou ter de ir às compras. Só em época de promoções ou saldos. Nunca antes ou depois. E claro, peças com mais qualidades e com maior índice de durabilidade. Estou a dar uma oportunidade às calças de ganga.

 

Com a chegada da Primavera senti necessidade de ir buscar outras peças e refazer o armário cápsula. Foi uma tarefa super simples. Nada de dores de cabeça na hora de escolher e seleccionar as peças para a nova estação. Adoro a Primavera. Basicamente as tshirts de tons neutros, gangas e muito preto. Eu sou dessas, uso preto o ano inteiro. 

 

Preciso de uma mochila por motivos de "não aguento de dores no ombro direito" e uns ténis novos por motivos de "se queres correr que seja com estilo e conforto". De resto, tudo nos conformes. 

Como está a correr o armário cápsula?

DSC01493.JPGDSC01501.JPGDSC01505.JPG

DSC01494.JPGDSC01506.JPGDSC01509.JPG

 

 

 1 calças de ganga

1 macacão comprido

1 macacão curto

1 saia prateada

1 colete de pêlo

1 colete de brilhantes

1 camisola cinza

1 camisola bege

1 camisola preta

1 camisola bordeaux

1 calças pretas

1 camisa aos xadrez

1 casaco riscado

 

 Treze peças em seis conjuntos. 

 

O armário cápsula está a ser um desafio interessante. Seleccionei várias peças chaves e repeti peças ao longo da última semana. A ideia é pegar nas mesmas peças e fazer outros conjuntos na próxima semana. Será que consigo? Claro que o meu guarda-roupa tem mais roupa, mas quero perceber até que ponto uso a minha roupa. Quero entender até que ponto precisava de muita roupa para me sentir feliz ou satisfeita. Talvez uma peça me transmita autoconfiança. Quantas vezes me olho ao espelho e gosto que vejo? Escolho a minha imagem para sentir-me bem, nunca para agradar terceiros. Sentir-me bonita com uma determina peça pode fazer o meu dia diferente (consequentemente a minha atitude). Mas não são com certeza cinquenta peças a trazer esse efeito na minha vida. Talvez sejam apenas algumas e se calhar devia escolher somente essas. Ou, começo a acreditar, não é a roupa, sou eu. É a minha atitude perante a vida.

 

Divagações à parte. Nesta semana entendi que eu continuo a não gostar de ver-me com calças de ganga. Guardei apenas duas, mas estou tentada a não ficar com nenhuma. Talvez as boyfriend, ainda não sei. Sinto-me bem com calças e roupa larga em baixo ou simplesmente de calções e/ou saia. O macacão preto e branco fica-me super mal. Tenho de doar. Não largo o meu colete de pêlo por nada desta vida. 

 

Adoro ter as minhas gavetas organizadas, quase vazias. Consigo ver a minha roupa sem problemas e escolher com rapidez e eficiência. Já disse ao marido que quero tirar o guarda-roupa do quarto. Ele achou a ideia estranha. Depois abordei o assunto e expliquei-lhe melhor as vantagens do minimalismo e ele apoiou. Ainda estou a ponderar no que vou fazer com mais calma. Se calhar, vou ceder o guarda roupa ao marido. Até agora cada um tinha o seu. O que é completamente desnecessário depois da limpeza que eu fiz. 

 

O desafio vai continuar. Vamos a isso. 

Armário cápsula

15698077_10154795835654323_5973729583911415375_n.j

viver com pouco, perceber que tenho muito e não preciso de mais.

 

Lá aderi. Ontem, dia 25 de Dezembro, construi o meu armário cápsula. Hoje, terminei. Tirei as peças todas do armário e escolhi as preferidas. Dentro das cores: preto, cinza e azul lá seleccionei as peças que me vão acompanhar nos próximos meses até à Primavera. Escolhi cerca de 47 peças. Vou aproveitar para perceber quantas peças dentro destas uso verdadeiramente. Ou se preciso de substituir alguma. O resto meti dentro de caixas e guardei. O que mais me custou foi seleccionar os sapatos. Mas consegui. Já viram o tempo que vou poupar a escolher a roupa? E a lavar e passar a ferro? Perfeito. Adoro aproveitar o meu tempo com coisas que valem mesmo a pena e me fazem feliz.