Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

queremlaver

contactoclaudiaoliveira@gmail.com

contactoclaudiaoliveira@gmail.com

Feliz de quem não abdica dos seus princípios

 

Quando não tenho nada de bom para dizer, escolho o silêncio. Quando não tenho um elogio para dar, prefiro ficar calada e guardar a amargura. Primeiro, os outros não têm culpa da minha amargura. Segundo, os outros não têm culpa da minha falta de simpatia em nenhuma hora do dia. A minha arma será sempre a minha alegria. Sobretudo aquela que só eu vejo e guardo para mim (ou para depois das 17 horas). A melhor arma é a positividade longe do que me faz mal. O meu combate diário é grande em relação a todas as energias negativas presentes e próximas. Somos obrigados a lidar com quem não queremos algumas vezes. Não é verdade? Mas felizmente aprendi a lidar "por educação". Tratar com educação quem outrora foi meu amigo e agora é um conhecido. Mesmo quando embirram, são mesquinhos, torno-me mais consciente de que sou melhor. Não sinto inveja de ninguém. Não há sentimento mais pobre que este. Nem do que têm, muito menos do que são. Por ter consciência da minha grandeza, mas sobretudo por continuar fiel aos meus princípios. Porque podemos mudar tudo, excepto os nossos princípios. 

4 comentários

Comentar post