Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Querem lá Ver

[boas energias] [<3] [poupança]

Querem lá Ver

[boas energias] [<3] [poupança]

DEIXAR A MÁ VIBE IR EMBORA

 

Estou quase a encerrar o ano. Agosto fecha um ciclo e começa outro. E eu, em simultâneo com a natureza, renovo energias e começo com novos objectivos e projectos. Sou assim desde que tenho memória. Agosto serve para abrir janelas e sacudir a poeira dos tapetes. Faço um balanço e preparo o fecho do ano. Estou satisfeita? O que posso modificar? O que não precisa de ser remexido? Tenho gostado desta sensação de planear poucos os meus dias e reagir conforme a minha disposição. Aprendi a converter a falta de motivação em coisas boas. Em gestos, em frases. Tenho vindo a desenvolver um super poder. Algo que mudou a minha vida. Quando tenho dias fraquinhos, como ontem, aposto tudo no que mais gosto de fazer e se mesmo assim não resultar, espero que a vibe acabe sem dramatizar. Já deu para entender que no dia a seguir está tudo bem. Não forçar permite que a energia não se isole. Dormir resolve. Prometo. E desde que possuo esse poder os meus dias passaram a ser melhores. Mais suaves. Agosto chegou com tudo. Quer sacudir-me, medir forças com a minha capacidade de adaptação e tolerância. Passei a diminuir a voz dos outros e a escutar aquela vozinha dentro de mim. Ainda tenho tanto para trabalhar em mim, fico satisfeita por saber que não sou circulo fechado e mantenho uma postura positiva comigo mesma. Tenho uma série de lista de coisas novas que quero conhecer e aprender. Fazer cachecóis, sou doida? Aprender a tocar viola? De norte a sul do país com os meus pequenos viajantes mochileiros? Tanto. A vida continua a ser muito curta para mim. 

 

 

5 comentários

Comentar post