Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

queremlaver

contactoclaudiaoliveira@gmail.com

contactoclaudiaoliveira@gmail.com

Cortar com alguém no emprego

 

Cortar relações com alguém no emprego é estabelecer os limites e lugar da pessoa em causa. Ou seja, nós não podemos deixar de falar simplesmente com uma colega de trabalho de um dia para o outro. Somos adultos, temos funções e precisamos de interagir. Mas imaginem que essa pessoa era vossa amiga. Uma pessoa com quem conviviam fora do horário laboral. O processo pode ser demorado. Depende qual era a relação com essa pessoa. Se era uma amiga ( ou alguém próximo) vai demorar até começares a dizer "não!" ou até decidires que "chega!"

 

Este ano, sabia que estava preparada emocionalmente para começar a "dizer não!" e a eliminar tudo o que me fazia mal. Sabia que era o momento certo e meti isso na cabeça, comecei a preparar-me emocionalmente. Antes, tive uma conversa. Uma conversa bem madura onde coloquei todas as minhas dúvidas em relação à nossa amizade/relação dentro do escritório. Isto aconteceu perto do Natal do ano passado. Ouvi coisas que me magoaram muito (e outras onde fiquei completamente chocada). Mas foi dentro do escritório que as desilusões aconteceram. Ouvi as respostas e fui para casa reflectir. Sem expectativas, sem esperanças que alguma coisa mudasse. Afinal já tinham sido várias as conversas deste género. sabia que esta amizade estava "condenada", era uma questão de semanas e de atitude da minha parte. E gente, para uma amizade (ou outro tipo de relação) tem de existir sinceridade. Tem de ser genuíno. 

 

Desabafei com várias pessoas amigas para tentar obter vários pontos de vista. Queria saber se eu era picuinhas ou se do outro lado não havia correspondência do que eu esperava de uma verdadeira amizade. Assumo que sou exigente, mas neste caso nem estava a ser. Estava a colocar o pó para debaixo do tapete. Estava a arranjar desculpas. E todos os dias estava a ser magoada. Até que CHEGA! 

 

Para eliminar pessoas tóxicas na nossa vida temos de sentir que estamos preparadas e conhecer os motivos. Magoou-te? Traiu-te? Faz-te sentir mal? Acontece com frequência? É uma pessoa tóxica. Rodeia-te de quem te faz sentir bem. Mas no escritório não dá, tens de conviver com essa pessoa (pessoas) oito horas. É preciso ter muita força de vontade e respirar fundo muitas vezes. Estabelecer limites é importante. Sem perguntas, não tens respostas. Sem conversas, não tens mais conversas. Rejeita convites, prepara-te para dizer não. E se a pessoa quiser voltar a conversar, simplesmente diz que não estás interessada. 

 

Depois de estabelecidos os limites, começa a tratar a pessoa como um colega de trabalho. Alguém que precisas comunicar para o bom funcionamento da empresa. Sem ligação afectiva. Perdoar também é muito importante (talvez o mais importante), nem estar sempre a procurar respostas para o que te fizeram. Foi feito, deixa ir. Nunca, jamais, mendigues alguma espécie de amor, amizade. 

 

O meu processo foi demorado, mas consegui chegar a uma boa fase. Vou para casa sem ser magoada porque não tenho mais expectativas. Vou para casa de consciência limpa porque sempre fui correcta. Nem entro nas conversas de foro pessoal. Faço com os meus amigos, fora do escritório. 

 

A grande mudança começa dentro de nós. Acho importante uma boa base emocional para lidar com estas mudanças. Boas amizades e  amor próprio. Romper com pessoas tóxicas é TÃO libertador. Dá espaço para entrar novas pessoas na tua vida.

 

Perdoa e segue em frente. Existem pessoas que valem a pena. 

16 comentários

Comentar post